5 razões para assistir Continuum

5 razões para assistir Continuum

Atualmente o mundo Sci-Fi na TV esta tendo bons momentos, Agents of Shield, Revolution, Doctor Who, Almost Human e Orphan Black são bons exemplos de séries que fazem jus ao genero. E qualquer um que goste destas séries e de ficção de qualidade deveria estar assistindo Continuum. A primeira temporada foi realmente forte, mas desde então o show tem melhorado ainda mais. E agora na terceira temporada vou declarar que a série já se tornou obrigatória para mim e é o que  eu chamo de Sci-Fi de qualidade.

Aviso: Spoilers  a frente.

Continuum-S03E01-578x324

Viagens no tempo e possibilidades

Viagem no tempo

Continuum é uma série sobre viagens no tempo que se tornou algo mais do que apenas pular de uma época para outra. A premissa para quem não conhece a série, é de que no ano 2077, o mundo se tornou uma distopia com vigilancia extrema. A protagonista Kiera Cameron ( Rachel Nichols, que ja esteve em Alias e Star Trek ) é uma oficial protetora ( uma policial ) que esta presente na execução de um grupo de terroristas, e acaba acidentalmente puxada pelo mecanismo de fuga/viagem no tempo utilizado pelos criminosos. Jogada 65 anos no passado Kiera se associa ao departamento de policia de Vancouver para tentar prender os terroristas enquanto também tenta voltar para sua familia no futuro.

Mas aqui esta a questão – quanto melhor ela é na tarefa de parar os terroristas, maior a probabilidade dela estar erradicando a vida que ela tinha em 2077. Ela não irá necessariamente mudar o futuro, ja que o paradoxo da viagem no tempo sugere que o que ela esta fazendo sempre foi parte do plano geral, mas ela também pode estar criando uma linha do tempo completamente nova. Esta tensão dinamica, e também a descoberta das regras relacionadas a viagem no tempo da série, é algo que impulsiona o ritmo da narrativa.

A terceira temporada aumentou ainda mais esta tensão. Um outro personagem principal, Alec ( Erik Knudsen ), também deu uma volta utilizando o dispositivo de viagem no tempo, então a linha do tempo se dividiu e agora existem dois Alecs. Um deles ira trazer o futuro para o qual Kiera deseja voltar, mas ela precisa saber qual Alec será o responsável por isto. Ela acaba voltando no tempo também e depois desta acho que eles não precisam do Doc Brown para saber que mexer com o continuum espaçotempo sempre gera bagunça – Os Alecs acabam ficando cara a cara e se enfrentando, e agora a questão da viagem do tempo se torna ainda mais complicada devido a estes conflitos.

time-travel-device-578x318

A chave de tudo

A tecnologia

A série tem tudo com que um geek poderia sonhar, o chamado CMR que é um implante cerebral que permite a Kiera ter um  display a la Terminator com várias funções em seus olhos, comunicação, scans etc. Ela também tem um traje a prova de balas e o conjunto é uma equipe forense completa, ela pode verificar digitais, testar se uma pessoa esta mentindo, analisar amostras de sangue entre outras habilidades.

E ainda temos laboratórios incríveis como o que Alec usa.

Continuum-Kiera-Future-Sadtech-Rifle-3

Um futuro agressivo

Flashbacks que realmente fazem a diferença

Depois de um certo ponto eu sofria sempre que Lost começava com um dos seus intermináveis flashbacks. Claro é uma boa forma de enriquecer a narrativa e os personagens, mas logo se tornou um truque barato. Continuum também tem seus flashbacks – ou melhor Flashforwards, depende do ponto de vista já que são pedaços da vida de Kiera em 2077 – e enquanto eles expandem a personalidade de kiera, eles também avançam a trama da série. É o mesmo modelo de sucesso utilizado em Arrow. Geralmente os flashbacks envolvem um personagem ou evento relevante a narrativa atual.  Ja foi dito a Kiera que ela é essencial para o futuro e os indicios desta teoria são as pistas e experiência que vimos nestes momentos do futuro. O público tem a chance de montar cada pedaço do quebra-cabeça junto com Kiera. Esta é uma técnica envolvente e funciona melhor do saber quem terminou com quem antes de entrar no voo 815 da Oceanic. ( referência a Lost ) .

Continuum-Season-2-Carlos-Kiera-578x384

Kiera e Carlos

Personagens e atuações

Apesar de eu adorar Fringe, Kiera tem uma dureza da qual eu senti falta em Olivia Dunham ( Anna Torv ) , e a série não se apoia em um personagem apenas, como Walter Bishop em Fringe ( John Noble ) para completar a sua quota de excentricidade Sci-Fi. A série simplesmente passa a sensação de ser um Sci-Fi mais sério, profundo por assim dizer, principalmente porque evita sentimentalidade desnecessária. Claro, Kiera fica meio chorosa ao lembrar do seu filho de vez em quando, mas durante 95% do tempo ela é dura como aço. Alec convence com o seu jeito de ser, agradável, garoto gênio e com o destino do mundo descansando em seus ombros adolescentes.

O parceiro de Kiera, Carlos ( Victor Webster ), faz o papel do cara correto com perfeição, servindo como a conexão de Kiera com a linha do tempo atual, ou como diriam em Lost, a sua constante. Mas ele também com dúvidas em relação a ela, os terroristas lutando para derrubar a oligarquia coorporativa, o seu próprio departamento de polícia e o seu papel em tudo isto. Ele anda entre a certaza e o conflito interno em relação a estes elementos de uma forma que deixa claro que a qualquer momento ele pode decidir de que lado ficar e tomar uma decisão que pode afetar multiplas linhas do tempo.

Outros personagens que compõe o grupo terrorista dão a série uma camada extra em termos de qualidade e temos supostos vilões que não são simplesmente o “monstro” da semana, eles tem motivações com raizes profundas, resultado de suas experiências no futuro. Assistam a série e tirem suas próprias conclusões, mas garanto que vocês não irão se decepcionar.

Obs:  A série atualmente ( 19/03/2015) está disponível no Netflix.

The following two tabs change content below.

Redação GeekZilla

O GeekZilla é formado por profissionais das areas de Tecnologia, Tradução e Letras e Design.Algumas notícias não refletem necessáriamente a opnião do site a não ser quando declarado expressamente as fontes são externas.

  • Mariana Santos

    Me interessei bastante pela série, sou Whovian e ela parece uma boa opção pra assistir enquanto a 9ª temporada de Doctor Who não estreia!

    • Sim é uma ótima opção enquanto o Doc não volta ! E para quem adora viagens no tempo e afins… não tem coisa melhor….hmm a não ser Doc Who 😛

  • Ricardo de Macedo

    Então, eu particularmente achei a primeira temporada … fodastica .. a segunda achei que em varios momentos deram uma perdida de mão … o que as vezes até fiquei desanimado … mas resisti à tentação de abandona-la… já a terceira temporada achei muito instável ainda … mas é uma série que SIM,vale a pena conferir… vamos ver como será a quarta temporada confirmada para estreiar em 26/07/2015

    • Pois é Continuum teve seus altos e baixos, no fim das contas acabou não chegando ao grande público, mas pelo menos a série irá ganhar esta temporada reduzida para finalizar a sua estoria, ainda sim vale a pena assistir

  • Pingback: GeekZilla – Continuum, temporada 4 com problemas financeiros()

  • Pingback: GeekZilla – Calendário com todas as séries sci-fi até o final do ano (2015)()